Hash, Fricassê israelita!

Hash, pronunciamos “rash”, é uma espécie de fricassê a moda judaica, servido em festas tradicionais, uma delícia a ser degustada com pão pita. Um picadinho israelita, podendo servir regado por molho de tomate ou de açafrão,  com carne de soja, carne de aves (frango ou peru), peixe frito no óleo de coco ou azeite (peixes com escamas e barbatanas), carne moída, carne de sol ou charque. Com carne de soja, peixe podemos acrescentar creme de leite. Se com carne bovina usamos o tofu com leite de coco. 

Hash, fricassê israelita

*** Foto: este nosso hash  israelita, fora preparado com  carne de soja em pedaços e finalizamos com creme de leite; 

Ingredientes:
• ½ kg de carne moída sem gordura,
• ½ cebola picada;
• ½ pimentão  fresco, descascado e picado finamente;
• ½ xícara de   azeitonas verdes sem caroço, cortadas ao meio; 
• 1 xícara de chá de purê de tomate ou 4 colheres de sopa de pasta concentrada; 
• 2 tomates sem pele e picados;
• ¼ xícara de molho de ketchup;
• 1/8 colher de chá de pimenta da Jamaica ou dedo de moça; 
• 1 pitada de pimenta preta; 
• 1 colher de sopa de caldo em pó;
• ½ colher de chá de canela; 
• 2 colheres de sopa de pinhões (opcional);

Adicional, 2 pimentas de cheiro cortada grosseiramente;

 

Modo de preparação

  •  Refogar cebola a fogo baixo em 2 colheres de sopa de azeite quente, adicione a pimenta e deixe até dourar;
  • Retirar todo o caldo da carne a ser usada, pressionando-a muito bem contra uma peneira; 
  • E adicionar a a cebola dourada;
  • Deixar refogar por cerca de 15 minutos;
  • Adicionar os ingredientes restantes e deixe-os cozer (tomando cuidado para não secar). Sirva sobre uma camada de pão pita.
  • Gosto de neste momento viralizar acrescentando molho shoyo, para dar uma cor chamativa e um sabor diferenciado, principalmente se usar a carne de soja. Pode acrescentar milho, ervilhas, uvas passa, fica a seu critério;
  • Este rash, hash, foi preparado com carne de soja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *