Por que Feijoada Judaica no Shabat?

Feijoada Judaica no shabat! Ninguém sabe ao certo quem começou a preparar a primeira panela de cholent como refeição com marca registrada de  shabat. Podemos explicar o por que de algumas comunidades preferirem nos preparativos para a celebração do Shabat,  uma panela de Cholent, que significa ‘cozida lentamente’, que consta de  uma espécie de ensopado ou feijoada judaica composta basicamente de  carne, batata, feijão e cevada.   A tradição oral deste alimento surgiu quando nossos antepassados preparava a refeição que iniciava o processo de cozimento antes do acendimento da luz do shabat e terminava no almoço de shabat.

Uma deliciosa e sugestiva refeição que poderão ser servidas, cholent – cho- lent, no francês, fogo lento, é um prato típico de shabat, com variações de ingredientes de acordo com suas comunidades de origem. Consiste na bênção de  viver um ambiente em que tudo tem uma característica e um ensino a ser restaurado.

Como as comunidades judaicas preparam este prato festivo, cholent?

Em todo o mundo encontramos uma escolha peculiar baseada em costumes repassados de pai para filho (a), segundo a lei oral transmitida por Moisés: não acender fogo durante o shabat e assim uma refeição que perdurasse de um dia para outro e que ficasse sempre quentinha… e assim cada comunidade de acordo com o que dispunha de ingredientes, criaram sua refeição, seu ensopado, sua mistura de ingredientes, como uma grande feijoada…

Escolha a sua feijoada judaica, cholent

Cholent para os judeus sefaradita – com feijão, carne, ovos e batatas;

Chulent para os askenazin, com feijão branco, peito de frango e batatas;

Hamin ou adafina, grão de bico, ovos e carne é a refeição de shabat dos judeu marroquinos;

Solet, feijoada húngara, cholent adaptado, constando de feijão vermelho ou feijão branco pequeno, cevada, cebolas, páprica e carne . A carne para o cholent seja qual o país, pode ser  de bovina, ganso, pato, ou de frango. 

 Macarrão Hamin -Os judeus sefarditas da Cidade Velha de Jerusalém costumava comer a refeição tradicional conhecida como em macarrão, frango e batatas. 

Feijoada Judaica no  Shabat! Por que?

Ninguém sabe ao certo quem começou a preparar primeira panela de cholent como refeição com marca registrada de  shabat. Mas sabemos que surgiu numa disputa entre os judeus fiéis a Torah e uma seita conhecida como tzedukim (saduceus), estes aceitavam a Torah escrita mas rejeitavam a Torah oral (Torah She-baal Pê)-  a interpretação oral recebida por Moshê.

  Torah oral (Torah She-baal Pê)

A interpretação oral recebida por Moshê e  passada de geração para geração, no qual se dizia que não deveria acender fogo durante o shabat, mas uma vez aceso antes do shabat, poderia se usufruir de sua luz e calor!!

Os tzedukim (saduceus), não aceitavam a lei oral de Moisés…

Os judeus tzedukim,  quando estes leram na torah escrita,  que não era para acender fogo no shabat, eles cumpriram ao pé da letra literalmente e então passavam o shabat no escuro, no frio e no outro dia ainda comiam comida fria, então o shabat deles  não tinha o brilho da alegria e deleite.

Daí os judeus fiéis a lei oral da tradição da interpretação de Moisés, incluíram o cholent como refeição principal. Que era colocada numa chama um pouco antes do inicio do shabat e passava a noite cozinhando lentamente, para honrar e se alegrar no shabat com uma refeição quente e saborosa durante o shabat, expressando assim a sua rejeição a falsa tradição dos da seita tzedukim que comiam comida fria.

Esta é a receita básica de cholent

 Você pode  variar colocando os ingredientes da feijoada judaica sefaradita, aquenazin, húngara, solet…como desejar. Atenção- em algumas  comunidades é permitido aquecer o cozido em microondas, para não comer frio ou passar a noite  no aquecimento, como a receita abaixo de cholent.

Cholent, Feijoada Judaica

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 700 g de carne de costelas, cortadas em pedaços;
  • 700 g de carne, cortada em pedaços grandes;
  • 2 cebolas grandes picadas;
  • 3 dentes de alho amassados;
  • 2 colheres de sopa de páprica doce;
  • 2 litros de água;
  • 1 colher de sopa de sal;
  • 1 colher de chá de pimenta do reino moída na hora;
  • 1 xícara de feijão branco seco, lavados e embebidas durante a noite;
  • 1 xícara de feijão seco mulatinho, lavados e deixados de molho  durante a noite;
  • ½ xícara de cevadinha;
  • ½ grande a metade de uma porção de osso buco com carne ou apenas uns três ossos buco;
  • 3 batatas inglesas ou batatas doce, cortada em pedaços  grandes com casca e tudo;
  • 3 cenouras grandes, cortadas em pedaços.

Modo de Preparo

  • Coloque a carne para marinar na quinta feira, nos temperos, no outro dia aqueça azeite e refogue cebolas e alho macerado e a carne temperada;
  • Adicione o feijão escorrido e os demais ingredientes;
  • Acrescente água e leve para ferver um pouco;
  • Depois ao forno para continuar aquecida, mas de modo  lentamente, em 3 horas a carne subirá até a borda da panela;
  • E em mais 4h ela desgrudará dos ossos e mais 4h estará se unindo ao feijão, formando uma massa deliciosa.

ATENÇÂO

Jamais colocar em panela de pressão, por que pode acontecer que  durante a noite, fiapos de carne venham a entupir  a válvula de pressão e causar um terrível e desastroso acidente.

Aprecie também…Cholent, ensopado israelita sefarad!

One thought on “Por que Feijoada Judaica no Shabat?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *